Om

Que possamos manter Sagrado o Yoga
Que possamos desenvolver nossos espíritos
Que muitos conheçam e pratiquem o Yoga
Que possamos mudar o mundo
Através de boas ações
De um grandioso coração
E da Alma Divina que habita em tudo!

Espero que o conteúdo deste espaço possa lhe inspirar.

Namaskar!

Textos Publicados

Textos Publicados

domingo, 11 de julho de 2010

"Calejamento"

"Calejamento"

Todos os seres seguem a roda do Dharma. Todos os seres estão, em diferentes níveis, em diferentes estágios ao longo da existência, evoluindo.

Mas como esta evolução ocorre? Através do acúmulo, através do vivenciar de diferentes experiências, acumulamos informações sobre este Universo e suas leis, e desta forma evoluímos.

Quando o tigre caça para sobreviver ele está cumprindo sua função, seu Dharma. Quando uma criança põe a mão no fogo e se queima ela passa a entender a natureza do fogo. Depois de queimar a mão ela passa a evitar o fogo.

Quando a mente passa por experiências, muitas vezes através de choques, físicos e psíquicos, ela tende a expandir e mudar de natureza. Quando uma pessoa que costuma praticar ações más, percebe na sua vida, que só está trazendo mais infortúnio para ela mesma, ela começa a contemplar o porquê de tantas coisas ruins e então decide praticar ações de outra natureza.

Quando falo em ações ruins não estou somente falando de fazer o mal a outra pessoa, mas as ações que vão contra as leis naturais do universo. Isto é que precisa ser entendido. Isto é que o Yoga ensina.

Quando idéias de natureza mais sutil, ou de natureza mais sofisticada, entram em nossas mentes, elas podem gerar choques, desconforto. Podemos num primeiro instante sentir mal estar. Da mesma forma que algo mais denso pode gerar desconforto também.

Quando reagimos a novas idéias e não buscamos refletir sobre o novo, não evoluímos. Ficamos apegados ao passado e nada novo acontece.

No Kung Fu existe uma prática que é chamada de “calejamento”. Ficamos de frente para um adversário e através de golpes constantes contra ele, treinamos o desenvolver de resistência à dor. Neste exercício desenvolvemos também um estado de resistência no corpo que vai ficando cada vez mais duro e forte.

O estado gerado na mente pelo calejamento é tão bom que já pensei em inserir nas aulas de yoga esta prática. Ao nos deparar com a dor nos tornamos resistentes a ela. Mais resistentes, estamos mais aptos a passar pelas dificuldades da vida sofrendo menos.

Da mesma forma que nosso corpo pode ser “calejado”, nossa mente também, ao longo da vida, passa por esse processo. Querendo ou não todos passamos por isso.

A cada dificuldade, a cada decepção, a cada choque da vida, estamos mais fortes, mais experientes, mais próximos da Verdade. Nosso espírito cresce e se fortalece!

Por isso que eu digo... Espírito de luta é fundamental!

Yoga é para guerreiros!!

Jay!!!

Namaskar!

domingo, 4 de julho de 2010

Busca pela Perfeição

Domingo, 27 de junho de 2010.

Busca pela Perfeição

Tive a chance de conviver com alguns mestres japoneses, alguns descendentes, outros japoneses de alma. Devo muito respeito e admiração a estes grandes guerreiros.

Sempre, desde pequeno, fui fascinado pela cultura japonesa. A harmonia e a sutiliza que existe desde a arte de arranjo floral, o ikebana, até as artes marciais, como o karate e o judô, é impressionante. Existe uma pureza que emana destas artes.

Um dos princípios que guia a milenar cultura japonesa é a busca incansável pela perfeição em tudo que se faz.

Na verdade, uma das definições de yoga é: “Yoga é a perfeição na ação.”

Quando em nossas atividades diárias, buscamos não simplesmente fazê-las, mas fazê-las com o princípio de estar pleno ali, e através da atenção e do esforço, buscar o aperfeiçoamento, tudo adquire uma força maior.

Desde como lavamos a louça, como arrumamos nossa cama, como tomamos chá, como conversamos ou como caminhamos, existe uma arte ali que pode ser aperfeiçoada cada vez mais.

E toda arte exige prática e repetição...Praticar, praticar, praticar...

A partir desde princípio, nada mais é obrigação. Tudo é prática!

A partir daí tudo se enche de Alma!

E a ausência de Alma é o grande mal que abate a humanidade hoje...

Namaskar!

Lokah Samastha Sukhino Bhavantu

Lokah Samastha Sukhino Bhavantu
Que todos os seres em todos os lugares sejam felizes

O que é Yoga?

Yoga é uma prática milenar que envolve inúmeras disciplinas,
dentre elas a prática dos ásanas, as posturas de yoga. Os ásanas fazem parte do
Hatha Yoga que é a forma do yoga mais conhecida no Ocidente. Além do Hatha Yoga
encontramos outras práticas como a meditação, o kirtan (canto de mantras), o estudo da filosofia e dos textos sagrados,
as práticas de purificação, a conduta yogue...

A meditação é a alma do yoga. Tudo que existe no yoga é para
aperfeiçoar a prática meditativa. É através da meditação que os yogues realizam
o significado mais profundo do termo Yoga:

“Samyoga Yoga Itiyukto Jivatma Paramatmanah”

Yoga é o estado de união da alma unitária com a Alma
Suprema, com Deus.

Yoga Samgha

Samgha significa associação. Quando yogues se reúnem para praticar juntos temos uma Samgha. Hoje, mais do que nunca precisamos de uma Samgha para praticar. A força que é gerada por esta associação faz com que nossas práticas se tornem cada vez mais fortes e profundas. Umas das orientações de grandes mestres do yoga é a importância de satsamgha, boa companhia. A boa companhia torna nosso caminho mais fácil.

Orientações para a Prática do Yoga

• Traga sempre uma pequena toalha para a prática.
• Procure praticar com roupas mais justas. O ideal é praticar com o joelho de fora e camiseta sem manga.
• Respeite o espaço físico e psíquico do yogue ao seu lado.
• Praticar de barriga vazia
• Não beber água durante a prática.
• Evite tomar banho, beber ou comer logo após praticar. Deixe um intervalo de 20 a 30 minutos.
• Atenção durante a prática, siga as orientações do professor.
• Se surgir cansaço pare. Não seja agressivo com seu corpo.
• Durante o período menstrual pratique de forma mais suave. Nestes dias não deve se praticar os ásanas de inversão (Sarvangásana, shirshásana...) .
• Evite sair mais cedo. Caso seja necessário sair anteS do início do relaxamento do grupo. Ao sair avisar o professor.
• Estar sempre vazio.Tenha sempre uma postura humilde junto ao seu professor. Nunca traga à mente a idéia que já tem plena compreensão do que está sendo ensinado. Até mesmo informações que já foram ouvidas inúmeras vezes.
• Qualquer sinal de desconforto durante a prática informe ao seu professor.

Seguidores